Muito se fala em vida saudável nos dias de hoje, mas poucos sabem do que se trata realmente ter uma vida assim. Praticar, então, essa tal vida saudável, fica mais difícil ainda!
Há muita informação no mídia, internet, jornais, entretanto muitas são as dúvidas...
Este espaço foi criado para divulgação de informações sobre tópicos relacionados a saúde, atividade física, dietas e assuntos afins, com um foco especial na área da Endocrinologia, na qual atuo.
Aproveitem!!!

terça-feira, 10 de julho de 2012

Meia-maratona: sonho, planejamento, treinamento, conquista. Lições de vida.



            Neste domingo completei minha primeira MEIA MARATONA (21 km correndo, sem parar, da Barra da Tijuca ao Aterro do Flamengo). Resolvi escrever sobre essa experiência pois o “processo” de correr uma Meia Maratona em muito se assemelha com qualquer outro processo de “conquista de um objetivo”, de “realização de um sonho”.
            Há alguns anos, desde que um amigo correu a meia maratona, tenho vontade de correr a MEIA MARATONA DO RIO DE JANEIRO. Para começar, porque o cenário é lindo, passando por toda orla do Rio de Janeiro, da Barra da Tijuca ao Aterro do Flamengo. O clima é de vibração e empolgação de uma plateia de desconhecidos, que te impulsionam e estimulam, como se fossem da sua família. Até ai, tudo não passava de um sonho distante, bem distante. Mais do que distante, achava IMPOSSIVEL. Treze anos se passaram até que retomasse esse propósito e ACREDITASSE. Após acreditar, parti para o PLANEJAMENTO.  Elaboramos um plano e tentei segui-lo o mais fielmente possível. É claro que “escorreguei” e em alguns momentos não segui 100% o plano, mas me esforcei ao máximo. Se o plano era treinar todos os dias, correr horas e horas? Não! Era um plano BEM REALISTA, baseado na minha vida, no meu trabalho, na minha rotina. Tinha que correr 3x na semana sendo que em dois dias treinava em torno de 45 min- 1h e aos domingos fazia um treino mais longo. Em 5 meses progredi de 7km, no treino longo, até 16km. Era para ter ido até 18km, porém tirei férias, sim FERIAS, e depois adoeci, o que atrasou meu treinamento.  Neste momento, tive dúvida se conseguiria atingir o meu objetivo, afinal nunca tinha corrido nem os 18km planejados, imagine 21km!  ACREDITEI!
            Ao longo dos meses de treinamento, com a progressão dos treinos longos, tive dificuldade em acordar cedo no final de semana, afinal acordo cedo TODOS os dias! Treinei a noite, treinei as 11h da manhã , me arrependi de ir correr tão tarde, com sol e calor. Pensei em desistir quando eram programados 14km e ainda estava em 7km, super cansada. Todo esse processo me fez crescer muito. Durante a corrida, as vezes sentia dor, no joelho, nos dedinhos, cólica abdominal. Nestes momentos, falava para mim mesma: “Não desista, você é FORTE. VAMOS LA!! Força!”,“Falta pouco”, “já foram 10, agora, só mais 4km!”. Num determinado momento, você acredita. Acredita nisso pra corrida, mas leva isso para sua vida também. A mensagem fica gravada. O orgulho, estampado no rosto e no coração. A mensagem gruda na sua cabeça. Essa força, essa segurança, é uma herança para outros momentos da vida: para carreira, para o mestrado, para uma prova, para mudar o corpo, para emagrecer... Aprendi muito treinando para corrida!
            Chegou o grande dia. Como em toda “estreia”, o nervosismo imperava. Ansiedade, dificuldade para dormir a noite.  Acordei as 4:40h da manhã, 1 minuto antes do despertador. E o sono? Foi embora! Nada de sono. Apenas uma vontade enorme de conquistar aquilo para que tinha me preparado por 5 meses, ou melhor, por 13 anos. Dada a largada, muitos partem afoitos, rápidos. Tive calma, segurei o passo, ajustei a musica. Afinal precisava de um repertório que durasse pelo menos 2h e 30 min! Mantive o passo. Curti a vista. Subi a Niemayer. Tive cólica. Fomos perseguidos por um Rottweiler, que pulou o portão de uma casa e correu, no meio da multidão, raivoso, em busca de uma presa canina, que acompanhava seu dono na maratona. Fugi do Rottweiler. Curti a vista. Peguei chuva, fraca, depois muito forte, depois com vento, depois só forte. Falei comigo mesma que conseguiria. Me emocionei pensando na chegada. Passei pelos 16 km, 17, 18, acreditei. Me senti forte. Acelerei o passo, estiquei as costas. Corri mais rápido. 19, 20, corri mais rápido e mais empinada. 21km. Vi a chegada. Corri mais rápido. Venci! Chorei, chorei. Fiquei muito feliz. Senti meus joelhos, minhas coxas. Andei, feliz e orgulhosa. Pensei na minha família, na minha mãe, no meu marido. Agradeci ao meu treinador pela força e por ter me feito ACREDITAR. Agradeci pelo planejamento. Por ter me estimulado. Sim, eu poderia completar a maratona. Mesmo sendo uma médica atarefada, mesmo dando plantões, mesmo tendo que arrumar tempo para correr, fazer compras pra casa, fazer comida, dar atenção a família, estudar. Mesmo tirando férias. Mesmo terminando o mestrado. Sim, eu ACREDITEI, me PLANEJEI, VENCI os obstáculos. ATINGI O MEU OBJETIVO. As lições apreendidas ultrapassam a corrida em si. Foram lições de vida, de perseverança, de planejamento, de adaptação, de paciência, que serão levadas pra minha vida. Muito feliz. Muito realizada. Inscrita na próxima! 


6 comentários:

  1. Parabens mari!!!! Eu fiz minha primeira meia maratona ano passado, a do rio tb, e sei exatamente o q vc ta falando! Ainda mais eu, que nem educaçao física fazia, por causa da asma... E ja fiquei meses sem malhar por lesão no joelho! Na época, me empolguei tanto que acabei fazendo a internacional tb!!!! Esse ano, com plantao terça e quarta, nao consegui treinar o suficiente! Mas adorei saber da sua conquista!!!!

    ResponderExcluir
  2. Mariana, Quando se tem um filho pensa-se em ensinar o filho. Nós como pais pensamos nas lições que vamos transmitir para eles e os valores que queremos que eles carreguem consigo, mas nunca pensamos nas lições e nos ensinamentos que eles nos darão. Você está me mostrando, ou melhor, me ensinando a ser mãe, e como é maravilhoso este aprendizado.
    conquistar é muito importante mas a consciência deste processo, sem dúvida é muito valioso.Parabéns,e que esta com certeza será apenas uma das suas várias conquistas e vitórias!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada mamãe!! A gente aprende a cada dia, sempre e das formas mais diversas. Tenho um enorme prazer em tentar ajudar de alguma forma as pessoas que também estnao passando por esse esforços de mudancas. Obrigada pelo apoio!!!

      Excluir
  3. Mariana, parabéns por essa conquista e se for comparar com fazer uma dieta e adquirir novos hábitos para uma melhor alimentação, é exatamente este o caminho, sabendo que teremos vários obstáculos mas temos q vencê-los e ir em frente na busca do nosso sonho. Valeu !!!!! Najla Farage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentario Najla!!Que bom que gostou! :)

      Excluir
  4. hahaha vejam só... estou nesse ritmo e ontem me chamaram a atenção por estar 2h30 na esteira, que iria ter um ataque do coração se continuasse ali , e o medico que conheço mandou eu procurar um psiquiatra porque correr 15km é coisa de maluco.. estou ótima de incentivo viu, mas lendo blogs como esse me da mais vontade ainda de vencer.

    ResponderExcluir